pub-5468756460556452 R37 scout: Zeca, novo reforço do Bahia

13/01/2020 - por R37 Intersect

Seguindo ativo no mercado, a diretoria do Bahia confirmou a troca do lateral-esquerdo Moisés por Zeca, polivalente defensor de 25 anos que atuou os últimos 2 anos pelo Internacional. Campeão olímpico com a seleção brasileira, como foi seu rendimento na última temporada? Confira em mais uma análise completa do R37.

Arte Zeca numeros.png
Arte zeca mapa de cruzamentos.png

Atuando na reta final da temporada na lateral-esquerda, Zeca pode ser uma opção pelos dois lados do campo. Sem conseguir ser titular absoluto do colorado ao longo do último ano, o novo reforço tricolor chega ao Bahia buscando reencontrar seu futebol dos tempos de Santos.

 

Vendo o mapa de cruzamentos do jogador na última temporada, chama a atenção a pouca chegada no fundo do campo. Sem um percentual de acertos de saltar os olhos, Zeca é um lateral que gosta muito de alçar bolas da zona da entrada da área. A distância da linha de fundo pode ser explicada um pouco pelo fato do atleta atuar uma boa parte do ano pelo lado esquerdo: jogando com o pé trocado, a zona intermediária às vezes é mais convidativa para um levantamento mais preciso.

 

Sem participar diretamente de nenhum gol do Internacional ao longo de 2019, Zeca passou longe de ser uma grande arma ofensiva do colorado no ano passado. Gols e assistências à parte, será que o atleta conseguiu criar boas ocasiões de perigo? Confira no vídeo abaixo todas as vezes em que o lateral deixou um companheiro em boas condições de marcar ou dar um passe direto para gol.

Com apenas 11 boas chances de gol criadas ao longo de todo o ano, Zeca vai precisar subir seu rendimento ofensivo se quiser mudar o time do Bahia de patamar. Atuando quase sempre como um verdadeiro lateral construtor, o novo reforço tricolor tem qualidade técnica suficiente para agregar muito no momento ofensivo.

 

Além dos cruzamentos e chances criadas, será que Zeca é um lateral forte no mano a mano ofensivo? Para não ficarmos só com números, analisamos as últimas 20 vezes em que o jogador tentou passar por um marcador com um lance individual. Veja o resultado:

Superando seus marcadores em 12 dos 20 lances acima, fica claro que Zeca tem bastante condição técnica para executar fintas em um curto espaço de campo. Entretanto, o vídeo anterior também nos ajuda a entender um pouco a sua pouca utilização do fundo do campo: sem força física para driblar os zagueiros em velocidade, o novo reforço tricolor prefere executar os levantamentos da entrada da área.

 

Jogo ofensivo à parte, como o novo lateral do Bahia se saiu no aspecto defensivo? Olhando as estatísticas, vemos que seu número de recuperações de bola foi apenas regular. Para não restar dúvidas, separamos as últimas 20 vezes em que um adversário tentou driblar Zeca.

Com 50% de aproveitamento neste fundamento, Zeca se manteve com um rendimento regular. Apesar de ter tomado alguns dribles que resultaram em gols, o atleta não chega a ser um desastre no aspecto defensivo. 

 

Apesar do bom potencial de Moisés, essa troca parece ser interessante para o tricolor. Com credenciais muito positivas em seu passado recente, Zeca tem uma reconhecida qualidade técnica. Longe de estar velho para o futebol, o jogador tem qualidade suficiente para reencontrar seu bom nível atuando pelo Bahia.

+

Quer mais estatísticas de Zeca ou algum outro jogador? Acesse os planos do R37 e peça a análise que quiser.

R37 Scout

R37 Scout:

Zeca, novo lateral do Bahia

Quem Somos
StoryTelling

Fale Conosco

Preços e Planos

Arbitral

Site desenvolvido por R37 Voicers