pub-5468756460556452

09/01/2020 - por R37 Intersect

Após as confirmações de Luan e Victor Cantillo, o Corinthians anunciou um velho conhecido da torcida: trata-se do lateral-esquerdo Sidcley, que atuou as duas últimas temporadas pelo Dinamo de Kiev. Para saber como foi o desempenho do atleta de 26 anos nos tempos de Ucrânia é só acompanhar o scout do R37.

Arte Sidcley numeros.png

Desde que saiu do Corinthians, na metade de 2018, o lateral não conseguiu ter uma grande sequência como titular. Sem atuar com regularidade no futebol ucraniano, o jogador chegou a atuar nos últimos 6 meses pela equipe sub-21 do Dinamo.

 

Vendo o mapa de cruzamentos do jogador desde que saiu do Timão, vemos que seu rendimento não foi satisfatório. Com apenas 25% de acerto nas bolas alçadas, o jogador abusou de levantamentos da entrada da área e não obteve êxito.

 

Conhecido pela sua força ofensiva, o lateral não conseguiu ter índices muito animadores. Com poucos passes para finalização e assistências, Sidcley não conseguiu ser uma boa válvula de escape na equipe ucraniana. Confira no vídeo abaixo todas as boas chances de gol que o novo reforço do Corinthians criou com a camisa da equipe de Kiev.

Com uma média de uma boa chance criada a cada 3 partidas, ainda conseguimos observar valências ofensivas no jogador. Tendo capacidade técnica e força física suficiente para atacar com qualidade, Sidcley tem tudo para ser peça importante no esquema de Tiago Nunes.

 

Ofensividade à parte, um lateral precisa ter como um dos principais predicados o poder de marcação. Olhando seus números, podemos notar que seu rendimento deixou a desejar nos tempos de Ucrânia: com uma média de apenas 4,6 recuperações de bola por jogo, Sidcley ficou bem abaixo de uma média razoável. Para efeitos de comparação, Danilo Avelar, titular da posição em 2019, teve 8,5 retomadas de bola por partida nos últimos 2 campeonatos brasileiros.

 

Além das recuperações de bola, é importante analisar a capacidade no combate mano a mano do lateral. Pensando nisso, separamos em vídeo as últimas 20 vezes em que um atacante tentou superar Sidcley com uma jogada individual. Veja o resultado:

Levando a melhor sobre os atacantes em 60% dos lances analisados, podemos dizer que a marcação mano a mano não foi um dos pontos fracos do lateral nos tempos em Kiev. Apesar de ser um jogador com mais predicados ofensivos, Sidcley pode ser bem trabalhado e desempenhar uma função mais defensiva caso necessário.

 

Chegando por empréstimo ao Corinthians, Sidcley tem tudo para assumir a posição de titular e recuperar o futebol apresentado no início de 2018. Mesmo sem ter performado em alto nível nos últimos 18 meses, o jogador pode ser considerado uma boa aposta da diretoria do Timão.

+

Quer mais estatísticas de Sidcley ou algum outro jogador? Acesse os planos do R37 e peça a análise que quiser.

R37 Scout

R37 Scout:

Sidcley, novo lateral do Corinthians

Arte Sidcley mapa.png