pub-5468756460556452 R37 Scout: conheça Gabriel Cortéz, novo reforço do Botafogo

24/01/2020 - por R37 Intersect

Em uma rápida negociação, o Botafogo está próximo de anunciar mais um reforço pensando na temporada 2020: trata-se do meia equatoriano Gabriel Cortéz, que surgiu muito bem no Independiente Del Valle e defendeu o Emelec em 2019. Para conhecer melhor o atleta de 24 anos é só acompanhar mais um scout do R37.

Arte Gabriel Cortez numeros.png

Ao olhar rapidamente os números do novo reforço do alvinegro, temos a impressão de que o atleta era peça incontestável no elenco do Emelec. No entanto, analisando com mais calma, percebemos que o jogador só iniciou metade das partidas em que entrou em campo e só atuou durante os 90 minutos em uma única oportunidade. Se pegarmos a minutagem do jovem ao longo de 2019 (972), vemos que o equatoriano não tem nem 10 jogos inteiros nos últimos 12 meses.

 

No entanto, mesmo não estando sempre em campo, o atleta conseguiu participar diretamente de 11 gols de sua equipe ao longo do último ano. Confira no vídeo abaixo todas as vezes em que o jovem balançou as redes ou deu uma assistência.

Vendo o compilado anterior, podemos destacar pontos negativos e positivos: mesmo levando apenas 88 minutos para participar diretamente de um gol, a baixa quantidade (3) de gols e assistências em lances de bola rolando preocupa. Apesar da grande qualidade na bola parada, Gabriel Cortéz é muito cobrado pela imprensa e torcedores locais pela falta de intensidade e participação durante os 90 minutos.

 

Atuando como uma espécie de meia atrás dos atacantes, será que o novo reforço alvinegro conseguiu ser um grande articulador de jogadas? Para analisarmos além dos 25 passes para finalização, separamos em vídeo todas as vezes em que o equatoriano deixou um companheiro em boas condições de balançar as redes nos últimos 12 meses.

Com 12 boas ocasiões de gol criadas na última temporada, podemos dizer que o meia proporcionou, em média, uma chance clara a cada 81 minutos que esteve em campo. Mesmo com o excelente índice, mais uma vez notamos que 7 dos 12 lances acima foram oriundos de lances de bola parada.

 

Mesmo sendo um meia de formação, vemos nas estatísticas que o atleta tem um número maior de arremates para gol do que passes para finalização. Para saber se o alto número de chutes a gol realmente se refletiu em lances de perigo, juntamos todas as vezes em que Cortéz tentou balançar as redes arriscando de fora da área. Veja o resultado:

Analisando os 31 arremates de média distância do jogador (72% do número total de chutes a gol), fica claro que seu principal predicado é o chute potente na perna direita. Levando perigo em 11 das finalizações acima, é possível afirmar que a cada 3 vezes em que o equatoriano arriscou de fora da área uma delas assustou o goleiro adversário. 

 

Por mais que os dirigentes alvinegros tenham prometido um autêntico “camisa 10” para a torcida, Gabriel Cortéz é um meia que preza mais pela finalização do que pela criação. Não à toa, o atleta surgiu com um bom índices de gols: entre 2015 e 2017 o jovem balançou as redes 29 vezes em 114 partidas, defendendo o Independiente Del Valle.

 

Apesar da sua passagem muito ruim no México, quando defendeu o Lobos, o jovem colecionou bons números enquanto atuou em seu país de origem. Chegando ao alvinegro por empréstimo, podemos dizer que o meia é uma aposta válida. Para o atleta fica o desafio de recuperar o futebol dos tempos de Del Valle e, principalmente, conseguir ter uma maior sequência de jogo. Talento para agregar valor ao time do alvinegro o equatoriano tem.

+

Quer mais estatísticas de Gabriel Cortéz ou de algum outro jogador? Acesse os planos do R37 e peça a análise que quiser.

R37 Scout:

Gabriel Cortéz, novo meia do Botafogo

Quem Somos
StoryTelling

Fale Conosco

Preços e Planos

Arbitral

Site desenvolvido por R37 Voicers