pub-5468756460556452 R37 Scout: Fred, centroavante do Fluminense

31/05/2020 - por R37 Intersect

Tem ídolo tricolor voltando! Depois de uma longa novela para a rescisão de contrato com o Cruzeiro, Fred finalmente pôde ser anunciado pelo Fluminense. Velho conhecido da torcida, como foi o rendimento do veterano em 2019? Para saber o que esperar do atleta em 2020 é só conferir mais uma análise do R37.

Arte_Fred_números.png

 

Vindo de uma séria lesão em 2018, Fred conseguiu passar o ano passado com poucas lesões. Mesmo aos 36 anos, o camisa 9 conseguiu estar disponível durante praticamente toda a temporada. Sendo assim, o veterano foi um dos nomes de mais destaque da Raposa no 1° semestre. Ainda assim, seu saldo ao final da temporada foi negativo.

 

Apesar de toda a queda de rendimento no 2° semestre da temporada, Fred conseguiu participar diretamente de 28 gols do Cruzeiro ao longo de 2019. Antes de analisarmos mais a fundo esses dados, confira o vídeo com todas as vezes em que o novo centroavante do Fluminense balançou as redes ou deu uma assistência.

Arte Fred raiox.png

Com 28 participações diretas para gol, Fred teria tudo para ser um dos absolvidos pelo desastre que foi a temporada do Cruzeiro. No entanto, vendo o compilado acima percebemos que, dos 21 gols do centroavante em 2019, 12 aconteceram no campeonato estadual. Por mais que tenha marcado duas vezes contra o rival Atlético-MG (com direito ao gol do título), seus 9 tentos na Libertadores e Brasileirão não deixaram a torcida da Raposa satisfeita.

 

Pensando pelo lado da torcida tricolor, podemos ver esses números por dois prismas diferentes. Evidente que esse rendimento nas principais competições é bem abaixo para um atleta com os rendimentos que Fred tinha no Cruzeiro. No entanto, se compararmos com o próprio Fluminense em 2019 vemos que até mesmo essa performance abaixo da média para os padrões do 3° maior artilheiro da história do tricolor agregaria: Yony González, que foi o principal artilheiro do clube das Laranjeiras na temporada passada, também balançou as redes 9 vezes se considerarmos apenas o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-americana.

 

Vendo o raio-x de gols do centroavante em 2019, podemos destacar que seu poder de decisão continua afiado. ⅔ de seus gols aconteceram em momentos onde o Cruzeiro estava em igualdade ou desvantagem no placar. Além disso, quase 50% dos tentos de Fred não foram marcados com seu pé-direito, mostrando recurso na hora da finalização.

 

Para fazermos uma avaliação justa sobre o rendimento de um centroavante é muito importante observarmos a quantidade de chances claras de gol que ele desperdiçou. Atuando em uma equipe completamente desestruturada durante boa parte do ano, será que Fred deixou a desejar quando a boa oportunidade surgiu? Confira no compilado abaixo:

Aproveitando 20 das 38 grandes chances de gol (52%) que surgiram, podemos dizer que seu faro de gol continua muito apurado. Por mais que a queda de rendimento no Brasileirão tenha sido acentuada, o aproveitamento é muito acima da média. Para efeitos de comparação, Pedro, ex-atacante tricolor e reforço do Flamengo, teve 43% de rendimento nesta mesma avaliação durante 2018 e 2019. 

 

Por mais que os 52% de aproveitamento de Fred durante 2019 sejam animadores, é preciso ressaltar que se considerarmos apenas as grandes chances no Brasileirão seu aproveitamento cai para 33%, números que o deixariam bem abaixo da média no quesito. A grande quantidade de gols de pênalti também pode ser um indicativo negativo.

 

Além do apurado faro de gol, Fred sempre foi taxado por torcida rivais de ser um “cone”. Sem grande mobilidade e com 36 anos, será que o atleta se resumiu apenas a um camisa 9 que empurra bolas para dentro? Pensando nisso, analisamos todas as vezes em que o novo reforço tricolor inverteu os papéis e deixou um companheiro em boas condições de marcar.

Entre bons passes e assistências, Fred conseguiu criar 12 boas ocasiões de gol durante 2019. Por mais que não sejam números dignos de um grande meia, podemos dizer que é um índice interessante para um camisa 9 de referência. AInda com muita inteligência e uma boa capacidade para executar o pivô, o ídolo tricolor pode ser bem aproveitado nesse quesito caso seja bem acionado pelo rápido ataque que o Fluminense montou para 2020.

Avaliação R37

Finalização

Força física

Jogo aéreo

Pivô

Técnica

Velocidade

Devido a grande demora para a efetivação de sua contratação aliada a pandemia do Coronavírus, podemos dizer que Fred vai chegar no mesmo patamar físico que seus companheiros de equipe e adversários, fator que antes da pausa dos campeonatos gerava muita preocupação na torcida tricolor.

 

Por mais que o rendimento de Fred na reta final de 2019 tenha sido muito abaixo da crítica, é preciso contextualizar o tamanho desta contratação para o tricolor: sendo o maior responsável pelas glórias recentes do Fluminense, o camisa 9 tem tudo para criar uma atmosfera excelente com a torcida e trazer ganhos imensuráveis fora do campo. No entanto, esses fatores positivos não podem servir de pretexto para que loucuras sejam feitas. Mesmo sendo um dos maiores ídolos da história do clube, o atleta não pode retornar ganhando vencimentos próximos ao de 2016, por exemplo.

Se retornar para o Fluminense dentro de uma condição financeira razoável, Fred parece ter potencial ainda para agregar, dentro e fora de campo. Por mais que seja difícil esperar 30 gols na temporada, como aconteceu em boa parte de sua primeira passagem pelo tricolor, vimos na análise acima que qualidade técnica para balançar as redes o veterano ainda tem. 

+

Quer mais estatísticas de Fred ou de algum outro jogador? Acesse os planos do R37 e peça a análise que quiser.

R37 Scout:

Fred, centroavante do Fluminense