pub-5468756460556452

17/01/2020 - por R37 Intersect

Aproveitando a alta temporada da janela de transferências para 2020, o R37 indica de hoje vai lhe apresentar Guzmán Corujo, zagueiro uruguaio do Nacional. Com apenas 23 anos de idade, o defensor está em final de contrato e poderia agregar ao elenco de diversos clubes brasileiros. Para conhecer melhor o camisa 21 da equipe de Montevideo é só acompanhar a análise abaixo.

Arte_Guzmán_Corujo_numeros.png

Com 1,89m e muita força física, o jovem foi um dos pilares defensivos da equipe do Nacional ao longo de 2019. Depois de surgir bem em 2018, foi na última temporada que Corujo teve sua primeira grande sequência, sendo titular absoluto de sua equipe durante todo o ano.

 

Olhando seus números, percebemos que sua média de retomadas de bolas por jogo (9,5) é bem aceitável. Por mais que esse índice ainda não o deixe entre os líderes neste fundamento no país, seu rendimento está acima do padrão nacional. Se nas recuperações de bola o jovem ainda não figuraria no topo, a quantidade de duelos defensivos ganhos impressiona: com seus mais de 70% de aproveitamento, podemos dizer que é muito difícil Guzmán perder uma dividida.

 

Para efeitos de comparação, entre os principais zagueiros do país, somente Pedro Geromel (79%), Dedé (72,4%) e Gustavo Gómez (72%) ultrapassaram esse índice em 2019. Nomes bem cotados como Pablo Marí, Rodrigo Caio, Victor Cuesta, Kannemann, Gil, Igor Rabello e Arboleda não ganharam mais de 70% dos duelos defensivos nos últimos 12 meses.

 

Com uma grande estatura, será que Corujo deixa a desejar quando fica mano a mano com os atacantes adversários? Para não ficarmos só com estatísticas, trouxemos para você todas as vezes em 2019 que um adversário tentou superar o uruguaio em um lance individual. Veja o resultado:

Vendo o vídeo acima, notamos que, mesmo sendo muito alto, não foi raro ver o jogador se recuperar e ganhar dos atacantes em jogadas de velocidade. Parando os oponentes em 24 dos 46 lances analisados, Corujo foi driblado em menos da metade das tentativas dos adversários. Podendo ainda melhorar este índice, o uruguaio já se encontra com um bom desempenho para um defensor de apenas 23 anos.

 

Por mais que o atleta ainda tome alguns dribles bobos e, principalmente, precise parar algumas arrancadas com faltas, percebemos que vigor físico e noção de desarme o zagueiro possuí. Fazendo um comparativo, Gustavo Henrique, novo zagueiro do Flamengo e analisado pelo R37 mês passado, teve um rendimento de apenas 40% neste fundamento. 

 

Com contrato acabando no final do mês de julho, Guzmán Corujo já poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe brasileira a partir do dia 31 deste mês. Caso algum clube tenha a urgência de adquiri-lo agora, provavelmente não vai encontrar muitas dificuldades devido ao término de seu vínculo com o Nacional.

 

Mesmo não sendo um zagueiro 100% pronto, Corujo é uma ótima oportunidade de mercado para nossos clubes. Com muita margem ainda para evolução, o atleta está disponível a baixo custo e, apesar de jovem, já disputou duas Libertadores (com bom rendimento) e mostrou ter todos os predicados para se tornar um defensor de qualidade.

+

Quer mais estatísticas de Guzmán Corujo ou de algum outro jogador? Acesse os planos do R37 e peça a análise que quiser.

R37 Indica:

Guzmán Corujo, zagueiro do Nacional-URU